segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Mau estado das instalações desportivas no distrito de Setúbal

"O futebol é paixão e é muito dinheiro" como dizem alguns,... muito dinheiro para alguns, para outros nem tanto. Por vezes não se trata disso, é mais uma questão de sanidade (mental), ou nem por isso. Podemos até ser pobres sem sermos desleixados.
Vejam este registo fotográfico captado nas instalações de um clube do distrito de Setúbal.. Supostamente isto é um balneário, um local por onde passam dezenas de jovens (e menos jovens) durante toda a semana com treinos e jogos de futebol.
Como é possível a Associação de Futebol  de Setúbal permitir que se use este tipo de instalações, ou só interessa receber o valor das inscrições dos jogadores ou das multas, porque não fiscaliza e ajuda?
Nas Fotos pode ver-se uma parte da equipa a equipar-se (será que não cabem todos ao mesmo tempo!), o treinador da equipa adversária a fazer a ficha de jogo na mesa improvisada, ... e depois vejam o resto.










Reacções:

2 COMENTÁRIOS:

Concordo com o texto colocado no blog, devia de haver mais fiscalização da A.F. Setúbal de modo a assegurar que as competições evoluem com instalações (balneários mais concretamente) com as condições mínimas de higiene e espaço. Julgo que este balneário em particular pertence ás instalações do Paio Pires pois também já tive a oportunidade de me equipar aí. De facto o mesmo não têm condições para receber uma equipa de futebol de 11 e quando no próprio complexo existem outros balneários mais adequados para o efeito onde as condições são melhores.
Infelizmente existem mais alguns caso semelhantes este. Contudo ao longo dos anos têm havido uma melhoria generalizada neste tema, no entanto, uma coisa não implica a outra.

Aqui a questão nem é propriamente o facto da degradação das instalações, porque existem 2 balneários com condições, se aquele não as tem, pura e simplesmente não deveria ser utilizado para esse fim, mas talvez para arrecadação. A questão aqui parece-me outra, e deixo essa mesma questão no ar: Se havia outro balneário disponivel, para além daquele que vemos nas fotos, com melhores condições, e tratando-se do primeiro jogo da manhã (9:15h), porque motivo não foi permitido ao CRI utilizar esse balneário? Funcionará este 3º balneário como factor intimidatório, colocando pressão psicológica em adversários incómodos? Ou será que a instituição CRI foi desconsiderada em favor da instituição B.M. Almada, adversário do Paio Pires no jogo de iniciados que se disputava a seguir (11:00h)?