quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Seixal 3-1 CRI (Juvenis)

8ª Jornada do Campeonato Distrital de Juvenis 2 ª Divisão Serie A

 A equipa do CRI Alinhou com :

Miguel Santana (gr.); Victor Mendes; Jorge Beira; José Pedro (cap) e João Caiado; André Torres; David Silva; Luís Trevas e Diogo Faísca; Tiago Santos e Juelmer Gomes.

Como Suplentes:  Carlos Neves; André Viegas; Lucas Ferraz; André Costa Diogo Nora e Sérgio Belfo.

Após a derrota em casa contra o Charneca, e estando perante um adversário que é candidato á 2ª fase esperava-se algumas dificuldades.
O jogo começou com o 1º golo do Seixal logo na 1ª jogada do desafio uma desatenção de toda a equipa e o Seixal a adiantar-se no marcador.
A equipa de Alhos Vedros até não reagiu mal e aos 3 minutos Diogo Faísca isola-se sobre a esquerda e cruza aparecendo Juelmer Gomes a falhar o golo com a baliza á sua mercê.
O Jogo ficou equilibrado mas aos 15 minutos o Seixal vai aumentar a vantagem com uma jogada antecedida de falta que o árbitro não assinalou.  
A equipa de Alhos Vedros sentiu o golo e passou por alguns momentos de apuro junto á sua área.
Aos 30 minutos num livre lateral sobre o lado direito o Seixal vai chegar ao 3º golo.
Ao intervalo:
Seixal 3-CRI 0
Para a 2ª parte entraram Carlos Neves e André Costa para os lugares de Juelmer Gomes e André Torres já com cartão amarelo.
A equipa do Cri entrou melhor na 2ª parte e começou a levar perigo junto á área contrária.
Aos 55 minutos após cruzamento para a área do Seixal Diogo Faísca desvia e reduz a diferença para a equipa do CRI.
Aos 60 minutos saiu Diogo Faísca e entrou André Viegas.
Aos 75 minutos entrou Lucas Ferraz para o lugar de Tiago Santos.
Aos 79 minutos entrou Sérgio Belfo para o lugar de David Silva.
Cartões amarelos para Tiago Santos; David Silva e José Pedro.

Resultado Final: Seixal 3 – CRI 1

Resultado justo para a equipa do Seixal que soube aproveitar as falhas de concentração da equipa do CRI.
O 2ª tempo foi um pouco melhor mas faltou á equipa o acreditar que podia dar a volta ao resultado.
Esta equipa têm condições para fazer muito melhor mas terá que ser em equipa e não em iniciativas individuais, ainda estão a tempo de mudar, a abordagem a qualquer jogo é feito com os treinos semanais é durante a semana que se começam a ganhar os jogos.
Esta semana voltou a atacar o “ARTISTA DO APITO” de seu nome Vítor Lourenço, este peseudo árbitro mais uma vez teve um desempenho lastimável permitiu diversas entradas á margem das leis algumas pondo em causa a integridade física dos jogadores do CRI (duma destas jogadas nasceu o 2º golo do Seixal), foi mostrando cartões amarelos aos jogadores de Alhos Vedros por qualquer tipo de falta ou por reclamar, não viu cortes da bola com a mão mesmo á sua frente, a única coisa que soube fazer foi mostrar o seu autoritarismo para com os jogadores e elementos no banco da equipa de Alhos Vedros, este ARTISTA não é só incompetente como já mostrou a época passada em Alcácer e Paio Pires onde teve um desempenho deste nível.
De realçar que a vitória da equipa do Seixal não está em causa.

Reacções:

0 COMENTÁRIOS: