terça-feira, 28 de setembro de 2010

E.F.A. Pica 2-1 C.R.I. (Juvenis)

2ª Jornada do Campeonato Distrital de Juvenis 2 ª Divisão Serie A
A equipa do C.R.I. Alinhou com :
Miguel Santana (gr.);
André Viegas; José Pedro (cap.) ; Jorge Beira e Diogo Nora;
André Torres; David Silva; Fábio Cartaxo e Diogo Faísca;
Tiago Santos e Juelmer Gomes.
Como Suplentes: João Caiado; Lucas Ferraz; Leandro Vinagre; Victor Mendes; Carlos Neves e Luís Trevas.
A equipa de Alhos Vedros após o empate caseiro na 1ª jornada, iniciou o jogo com algum ascendente sobre a equipa adversária e logo aos 3 minutos num livre marcado por André Torres esteve muito perto de marcar.
A equipa da E.F.A.Pica, sedo se percebeu que o tipo de jogo era bola colocada em profundidade dos defesas no ataque com o objectivo surpreender a equipa adversária.
Numa destas jogadas aos 10 minutos a equipa do E.F.A. Pica beneficia de um pontapé de canto, na sua conversão vai chegar á vantagem no marcador num lance em que o guarda redes do CRI sofre falta.
No minuto seguinte a equipa da casa envia a bola ao poste da baliza de Miguel Santana.
A partir desta altura a equipa do CRI têm o domínio completo do jogo mas sem conseguir criar grande perigo junto á baliza contrária.
Aos 38 minutos cartão amarelo para Tiago Santos.
Ao intervalo:
E.F.A. Pica 1 – CRI 0
Para a 2ª parte entrou João Caiado para o lugar de Diogo Nora.
A equipa de Alhos Vedros iniciou a 2ª parte com vontade de dar a volta ao marcador e por 2 vezes esteve perto de empatar a partida.

Aos 45 minutos o arbitram marca grande penalidade contra o CRI por falta de Fábio Cartaxo sobre um adversário, uma falta discutível já que o lance se disputa junto à linha final com os dois jogadores a encostarem o corpo e o jogador da casa a aproveitar para gritar e cair.

A equipa do E.F.A. Pica chega ao segundo golo, quando estava a mais perto de sofrer o empate.
Aos 46 m Cartão amarelo para André Viegas. Aos 47 minutos saíram Diogo Faísca e entrou Luís Trevas.
Aos 60 minutos cartão amarelo para Fábio Cartaxo. Aos 62 minutos saíram David Silva e Tiago Santos e entraram Victor Santos e Lucas Ferraz.
Por esta altura a equipa de Alhos Vedros dominava por completo o jogo e aos 68 minutos na transformação de um livre directo Luís Trevas reduz a diferença marcando um grande golo.

A partir desta altura a equipa de Alhos Vedros pressionou ainda mais e por diversas vezes teve oportunidade de empatar o jogo, limitando-se a equipa da casa a enviar bolas para fora e a queimar tempo na reposição das bolas em jogo.Aos 75 minutos cartão amarelo para Juelmer Gomes.

Resultado Final: E.F.A.Pica 2 – CRI 1

Não tendo efectuado um grande jogo a equipa do CRI justificou no mínimo o empate, foi a equipa que mais tentou jogar futebol e que mais perigo criou para a baliza adversária. No entanto alguns jogadores têm que pensar em que para se ganharem, os jogos têm que se correr mais que os adversários que a equipa começa a defender com os avançados. Alguns jogadores têm que mudar a sua mentalidade e a sua forma de jogar devem sacrificar-se mais pela equipa.
Uma última referencia para a arbitragem na 1ª parte não marcou falta por carga sobre o guarda – redes na pequena área, o que originou o golo, a partir desta altura passou a marcar.
Na área adversária por duas vezes Fábio Cartaxo sofreu cargas idênticas à que originou o penalty a favor do E.F.A. Pica, não marcou.

Texto: JF

Reacções:

0 COMENTÁRIOS: