segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

1º Maio Sarilhense 4–0 CRI (Escolas"A")

Começo esta crónica, para mais uma vez dizer que os jogos depois do meio-dia são contraproducentes para crianças de 10 anos, porque quando chegou o intervalo tinha miúdos que lhe doía a barriga com fome.
Quanto ao jogo a equipa do CRI entrou mais uma vez apática, o que foi bem aproveitado pela equipa adversaria que imprimiu um ritmo veloz a partida o que causou problemas de marcação a equipa do CRI que se viu logo a perder ao 3 minutos.
A equipa não consegui pegar no jogo, e aos 6 minutos sofre o segundo golo.
Após uma paragem de jogo a equipa do CRI conseguiu acertar melhor a marcações e começou a criar perigo na área adversaria tendo enviado uma bola ao poste.
Á passagem dos 20 minutos a equipa do CRI beneficia de uma grande penalidade, mas o remate sai fraco e a figura do guarda-redes.
 Na segunda parte o CRI entrou bem no jogo foi para cima do adversário e criou alguns lances de golo, mas não consegui marcar e o adversário foi equilibrando o jogo e aos 13 minutos chegou ao terceiro golo, que praticamente acabou com o jogo.
Até ao fim há a registar ao 24 minutos o quarto do 1º Maio e alguns lances onde o CRI também podia ter marcado.
Vitoria justa do 1º Maio, que mostrou uma equipa mais disciplinada tacticamente.

A equipa do CRI com os seguintes jogadores:

Jorge Serra; Miguel Manhita ( c); Luís Cascalheira; Guilherme Costa; Vasco Cerqueira; Catarina Sebastião; Miguel Vieira; Diogo Pina; Iuri Baltazar; João Jesus; Ruben Gonçalves; Pedro Horta.

Texto: Augusto Manhita

Reacções:

0 COMENTÁRIOS: