segunda-feira, 28 de maio de 2012

Moitense 1–11 CRI (Infantis-A)

Disputou-se no passado sábado a ultima jornada do Torneio Complementar de Infantis “A”, onde a equipa do CRI se deslocou á Moita para defrontar a equipa local.

O jogo começou com o domínio da equipa do CRI, que partiu logo para cima do adversário, e chegou ao golo ao cinco minutos por intermédio de Gonçalo Rodrigues, que encostou para a baliza após boa assistência de Guilherme Costa.

O domínio era absoluto e não foi de estranhar que Guilherme Costa fizesse dois golos de rajada, aos sete e aos oito minutos.

A seguir ao terceiro golo a equipa relaxou um pouco e permitiu ao adversário respirar um pouco, aparecendo algumas vezes no nossa área.

Nos últimos dez minutos a equipa voltou a aumentar o ritmo de jogo e fez mais dois golos, um aos vinte e três minutos novamente por Gonçalo Rodrigues, e outro aos vinte e nove minutos Guilherme Costa fez o seu terceiro golo e o quinto da equipa.

E foi com este resultado que chegamos ao intervalo.

Na segunda parte a equipa entrou a todo o gás e fez quatro golos em doze minutos, três por Guilherme Costa e o outro por Miguel Vieira, tendo também sofrido um golo na sequência de um canto.

O jogo diminuiu necessariamente de ritmo mas com o CRI a criar e a desperdiçar golos em serie, tendo marcado mais um aos quinze minutos por intermédio de Romário Fortes, que voltaria a marcar aos vinte cinco minutos para fixar o resultado final.

Em resumo vitoria clara com alguns momentos de bom futebol, num piso difícil de jogar, onde os jogadores mostraram sempre uma boa atitude competitiva.

E assim chegou ao fim um ciclo para estes jogadores que a partir de agora vão começar a grande aventura do Futebol de Onze.

A equipa do CRI alinhou com os seguintes jogadores:

Tiago Santos; Miguel Manhita; Luís Cascalheira; Miguel Vieira; Nuno Cristo; Gonçalo Rodrigues; Ruben Gonçalves; Catarina Sebastião ( c); Diogo Pina; Guilherme Costa; Romário Fortes; Pedro Horta.


PS: Neste momento de despedida quero agradecer o papel fundamental que os pais destes miúdos tiveram, quanto ao seu acompanhamento nos treinos e nos jogos, e que foi fundamental para a sua estabilidade mental e emocional.Quero agradecer a paciência de todos (pais e filhos) durante este tempo, e dizer que para o ano estarei ao vosso lado na bancada puxando por eles, bem hajam.


Texto: AM 

Reacções:

0 COMENTÁRIOS: