sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Arrentela 3-1 C.R.I. (Juvenis)

14ª Jornada do Campeonato Distrital de Juvenis 2 ª Divisão Serie A

A equipa do Cri Alinhou com :
Miguel Santana (gr.);André Viegas; André Costa; José Pedro (cap) e Victor Mendes; Tiago Varandas; David Silva; Luís Trevas e Diogo Faísca; Tiago Santos e Carlos Neves.
Como Suplentes: Ruben Zacarias; Sérgio Belfo; João Caiado; Luís Rodrigues; Juelmer Gomes e André Torres.

Manhã de Domingo de Inverno, onde se defrontavam duas equipas separadas na classificação por um ponto e candidatas aos dois primeiros lugares.

O jogo começou com as equipas a mostrarem algum receio, mas aos 3 minutos o Arrentela vai chegar á vantagem, numa jogada de contra ataque com um erro da nossa defensiva.

Logo na jogada seguinte em mais um erro defensivo e um jogador do Arrentela isolado não consegue bater Miguel Santana.

A partir daqui a equipa do CRI despertou e começou a levar perigo á baliza adversária e a criar diversas oportunidades de golo (3 por Carlos Neves).

Aos 16 minutos após a marcação de um pontapé de canto André Costa atira ao poste.

Aos 17 minutos José Pedro marca um livre para a área contrária onde aparece Tiago Santos a fazer o golo do empate.

A partir desta altura a equipa do CRI toma conta do jogo e é a equipa que leva mais perigo junto á área contrária, no entanto quem não marca sofre.

Aos 25 minutos mais uma falha defensiva permite ao Arrentela adiantar-se novamente no marcador.

Até ao intervalo a equipa do CRI ainda desperdiça mais duas oportunidades de golo.

Ao intervalo: Arrentela 2 – CRI 1

Para a 2ª parte entrou Juelmer Gomes, para o lugar de Diogo Faísca.

Aos 42 minutos cartão amarelo para Juelmer Gomes, a equipa do Arrentela no inicio da 2ª parte vem com grandes cautelas defensivas e é a equipa do CRI que volta a ter 3 excelentes oportunidades para empatar o jogo.

Aos 60 minutos entraram André Torres e João Caiado, para os lugares de Tiago Varandas e Carlos Neves.

A equipa de Alhos Vedros continua a ser a mais perigosa mas aos poucos, vai deixando de acreditar que pode dar a volta o resultado.

Aos 70 minutos o Arrentela vai aumentar a vantagem através da marcação de um Livre directo com um grande golo.

Aos 75 minutos saiu David Silva e entrou Sérgio Belfo.

Não tendo conseguido trazer da Arrentela um resultado positivo, a equipa do CRI só se pode queixar da sua falta de eficácia já que criou oportunidades mais que suficientes para construir outro resultado e foi graças ás suas ofertas defensivas que aconteceram os golos da equipa adversária.

No entanto a exibição na primeira parte, provavelmente foi a melhor exibição da equipa ao longo do campeonato, os jogadores mostraram um bom espírito de equipa e esforçaram-se por um resultado melhor.

À que continuar a trabalhar já a pensar no próximo jogo que é muito importante para o futuro da equipa no campeonato.


Texto: JF

Reacções:

0 COMENTÁRIOS: