terça-feira, 11 de maio de 2010

C.R.I. 4-3 Brejos de Azeitão (Juvenis)

Manhã de Inverno com ameaça de chuva.
Jogo que se previa complicado já que a equipa do Brejo vinha de uma vitória em casa e tinha igualado o C.R.I. na tabela classificativa.
A equipa do C.R.I. debatia-se durante a semana com vários problemas de lesões (Fábio Cartaxo), doentes (Sérgio Belfo) e castigados (Tiago Poupinha).

A equipa do C.R.I. alinhou com: Tiago Ramos (gr.); Carlos Lança; Luís Barbosa; José Pedro (Cap.); e Hugo Borges; Fábio Jorge; Davi Rodrigues; Rafael Sardo e Diogo Faísca; Luís Trevas e Juelmer Gomes.
Como Suplentes: Ruben Zacarias; Sérgio Belfo e Ricardo Garcia. 


O jogo não podia ter começado da pior maneira para a equipa de Alhos Vedros logo aos 17 segundos vai sofrer o primeiro golo da partida numa bola colocada para a zona defensiva uma falha da defesa e um jogador do Brejo a aparecer frente a Tiago isolado e a marcar.

A equipa da casa reage bem ao golo sofrido, e domina por completo o jogo começando a criar perigo junto á baliza adversária.

Aos 14 minutos na marcação de um pontapé de canto apontado por Rafael Sardo e ao primeiro poste aparece José Pedro a desviar para a baliza e a marcar o golo do empate.

A partir desta altura e até final da 1ª parte assistiu-se a um autêntico festival de golos falhados pela equipa do C.R.I. com a equipa de Azeitão remetida á sua zona defensiva.

Parecia um vendaval de oportunidades falhadas de salientar as mais flagrantes aos 30 minutos Juelmer Gomes tira um defesa da frente e só frente ao guarda-redes remata ao poste a bola sobra para Diogo Faísca que sozinho sem ninguém na baliza em vez de rematar tenta parar a bola permitindo o corte para canto do defesa.

Na marcação do canto Diogo Faísca sozinho não consegue cabecear para a baliza, logo de seguida por 2 vezes Juelmer isolado não consegue marcar.

Aos 40 minutos cartão amarelo para Rafael Sardo, antes do intervalo mais uma oportunidade para Fábio Jorge e novamente Juelmer isolado não marcou.

Neste intervalo a equipa de Azeitão por uma levou perigo á baliza do C.R.I..

Ao intervalo: C.R.I. 1 – Brejos de Azeitão 1

O inicio da 2ª parte a equipa de Alhos Vedros mantém a mesma toada e aos 2 minutos Rafael Sardo com um grande remate fora da área marca um grande golo daqueles que levantam os estádios.

Aos 3 minutos da 2ª parte mais uma falha defensiva da equipa de Alhos Vedros e a equipa do Brejo de Azeitão a empatar.

Aos 8 minutos da 2ª parte saiu Diogo Faísca e entrou Ricardo Garcia, o festival de falhanços contínua com mais uma vez Luís Trevas isolado não consegue marcar.

Aos 15 minutos da 2ª parte saiu Carlos Lança e entrou Sérgio Belfo.

Aos 20 minutos da 2ª parte mais um grande golo um remate de fora da área de Luís Trevas mais um grande golo daqueles que levantam os estádios.

Aos 24 minutos da 2ª parte Juelmer Gomes pressiona a defesa contrário ganha a bola isola-se, finta o guarda-redes e marca o 4º golo para a equipa de Alhos Vedros.

Aos 28 minutos da 2ª parte na marcação de um pontapé de canto o Brejo Azeitão vai reduzir mais uma falha de marcação da equipa de Alhos Vedros.

Aos 30 minutos da 2ª parte cartão amarelo para Ruben Zacarias por protestos com um jogador contrário.

Até final ainda algumas possibilidades de ampliar o resultado por Barbosa, Ricardo Garcia, Juelmer e Luís Trevas.

Resultado Final: C.R.I. 4- Brejos de Azeitão 3

Boa exibição da equipa do C.R.I. que apresentou bons lances de futebol, mas que falhou muitas oportunidades de golo, se tivessem concretizado metade das oportunidades criadas teriam ganho com maior vantagem de golos.

Neste jogo as nossas falhas defensivas permitiu que o adversário em quatro oportunidades de golo criadas, concretiza-se três.

De realçar o grande espírito de equipa e a enorme vontade demonstrada em ganhar este jogo.

No último lance do jogo aconteceu o pior da manhã numa disputa de bola com o guarda-redes adversário Luís Trevas lesiona-se com gravidade tendo fracturado a tíbia e feito rotura de ligamentos no pé.

Esta infelicidade retira a possibilidade de o Luís Trevas poder jogar mais esta época, numa altura em que estava a efectuar uma excelente 2ª volta de campeonato sendo um elemento muito importante na equipa quer pelos golos que marcava, quer dentro do grupo com a sua forma de estar incentivando os colegas contribuindo para o bom ambiente na equipa.

Esperemos que recupere o mais rapidamente possível para poder voltar a fazer aquilo que gosta e que faz bem jogar futebol um abraço Luís e rápidas melhoras.


Texto: JF

Reacções:

0 COMENTÁRIOS: