terça-feira, 26 de janeiro de 2010

C.R.I. 1-4 Moitense (Juvenis)


16ª Jornada do Campeonato Distrital de Juvenis 2ª Divisão Série Única.

Princípio de noite de Domingo fria e após a derrota em Setúbal na semana anterior, e com alguns problemas para a constituição da equipa com castigos, lesões e jogadores doentes o que levantava algumas dúvidas de como iria a equipa reagir ao jogo em casa e jogado no domingo ao final da tarde.

A equipa do C.R.I. alinhou com:
Rui Antunes (gr.); Carlos Lança; Luís Barbosa (Cap); Fábio Cartaxo e Hugo Borges;
Luís Trevas; Tiago Poupinha; Juelmer Gomes e Ricardo Garcia; Rafael Sardo e Fábio Jorge.
Como Suplentes: Sérgio Belfo e Diogo Faísca.

O jogo iniciou-se com a equipa de Alhos Vedros a criar uma excelente oportunidade de golo através de Fábio Jorge logo na primeira jogada tendo neste período inicial a iniciativa do jogo.

Aos 9 minutos falta a favor do Moitense no meio campo da equipa do C.R.I., na transformação bola bombeada para a área aparecendo um jogador da Moita a desviar e a marcar o 1º golo do Moitense.

A Equipa do C.R.I. não acusou o golo e continuou a dominar o jogo tendo em jogadas de bola parada por duas vezes criado oportunidades para igualar o marcador.
Aos 18 minutos canto a favor da equipa de Alhos Vedros bola colocada na área a ser cortada com a mão por um jogador da Moita, grande penalidade superiormente convertida por Tiago Poupinha estava feito o empate.
Aos 31 minutos cartão amarelo para Juelmer Gomes, até final do primeiro tempo a equipa de Alhos Vedros foi a equipa que melhores oportunidades criou e melhor futebol apresentou, a equipa da Moita criava perigo somente em jogadas de bolas paradas bombeadas para a área adversária.

Ao intervalo 1-1.

O inicio da segunda parte manteve-se a mesma toada até que aos 10 minutos num livre no meio campo do C.R.I. mais uma vez bola bombeada para a área com um primeiro alivio da defesa a bola fica na área e aparece um jogador do Moitense a marcar o 2ª golo.

Aos 11 minutos excelente jogada de ataque da equipa de Alhos Vedros com Juemer Gomes a tabelar com Fábio Jorge e este á entrada da área a rematar forte com a bola a passar rente ao poste do guarda redes da Moita, aos 12 minutos mais uma boa jogada de ataque com dois jogadores do C.R.I. a aparecerem caídos na área o arbitro muito perto da jogada marca grande penalidade, com o guarda redes da Moita a adivinhar e a defender a conversão de Tiago Poupinha.

A partir deste momento a equipa de Alhos Vedros quebrou animicamente e fisicamente.
Aos 20 minutos saiu Rafael Sardo e entrou Diogo Faísca.
Aos 25 minutos saiu Carlos Lança e entrou Sérgio Belfo.
Aos 28 minutos 3º golo do Moitense após a conversão de um pontapé de canto.
Aos 35 minutos 4º golo do Moitense através da conversão de uma grande penalidade, duplo amarelo e consequente vermelho para Luís Barbosa.

A historia deste jogo está no aproveitar as oportunidades de golo criadas, a equipa de Alhos Vedros não aproveitou as ocasiões de golo que foi criando enquanto que a equipa da Moita foi mais eficaz.
Os jogadores do C.R.I. quebraram física e animicamente a partir dos 20 minutos do segundo tempo pois até esta altura tinham sido superiores á equipa do Moitense.
Não devem baixar os braços continuem a trabalhar que as vitórias vão voltar a aparecer. 


Texto: JF

Reacções:

0 COMENTÁRIOS: