terça-feira, 11 de junho de 2013

M.Caparica 5-2 CRI (Juniores)

CAMPEONATO DISTRITAL DE JUNIORES DA 2ª DIVISÃO 2012/2013 - 29 ª JORNADA

A equipa do CRI alinhou:

Miguel Santana (Gr.); André Viegas; João Abrantes; João Mourão e Guilherme Estrela; João Ferreira; José Pedro (Cap); Raul Martins; e Eric Esteves; Miguel Marques e Ailton Moreira.

Como Suplentes: Gerson Daniel; Alexandre Soares (juv.); Diogo Frade (Juv.) Diogo Gameiro (Juv.) e Luis Trevas.

Tarde de Sábado de primavera com ameaça de chuva a equipa do CRI deslocava-se ao Monte da Caparica após a paragem do campeonato por 2 semanas para resolução do processo disciplinar na sequência dos incidentes verificados em 20 -04-2013 no jogo Brejos de Azeitão x Q. do Conde.

Para a equipa do CRI poderia em caso de empate garantir a uma jornada do fim a subida á 1ª divisão Distrital.

O jogo iniciou-se com a equipa do CRI com mais dinâmica e uma pressão alta, provocando muitos roubos de bola á equipa adversária, numa dessas jogadas Ailton Moreira recupera uma bola passa por um adversário e á entrada da área remata e marca o primeiro golo para o CRI estavam decorridos 8 minutos de jogo.

Aos 9 minutos o Monte da Caparica vai empatar o jogo após a marcação de um livre directo a bola bate na barreira e ressalta para um jogador da equipa da casa que se isola e bate Miguel Santana.

A partir desta altura o jogo fica equilibrado, mas é a equipa do CRI que com algumas boas jogadas continua a levar perigo junto á baliza do Monte da Caparica.

Aos 20 uma boa jogada de ataque do CRI com Raul Martins com um excelente passe a isolar Ailton Moreira que marca o 2º golo para a equipa do CRI.

Por esta altura a equipa de Alhos Vedros comanda o jogo, mas começa a aparecer outra equipa que deveria ser neutra a desequilibrar o jogo , uma equipa que usa um critério para a equipa da casa e usa outro contra o CRI.

Aos 35 minutos cartão amarelo para João Mourão por uma falta que na realidade existiu, mas minutos antes quando Ailton Moreira se ia a isolar foi travado em falta e não existiu a amostragem do cartão que até devia ser vermelho.

A equipa do CRI por esta altura comanda o jogo e cria uma excelente oportunidade para marcar mas o guarda-redes do Monte da Caparica efectua uma excelente defesa.

Aos 40 minutos Eric Esteves lança Ailton Moreira mas um jogador do Monte da Caparica corta a bola com o braço o arbitro marca a falta mas não mostra qualquer cartão quando o jogador do CRI ficaria isolado para a baliza adversária.

Aos 42 minutos o árbitro transforma um lançamento lateral junto á área do CRI por uma suposta falta que só ele viu.

Na marcação desse livre Miguel Santana é carregado na pequena área por dois jogadores do Monte da Caparica e deste modo a equipa da casa marca o golo do empate que os seus jogadores nem comemoram pois julgavam que o árbitro tinha marcado a falta sobre o guarda-redes do CRI, inacreditável.

Ao intervalo: Monte da Caparica 2 - CRI 2

Para a 2ª parte entraram na equipa do CRI Alexandre Soares e Luis Trevas para os lugares de João Mourão e Miguel Marques.

Aos 47 minutos canto contra a equipa do CRI, com Miguel Santana a sair em falso e a possibilitar o 3º golo do Monte da Caparica.

A partir desta altura a equipa do CRI mostra algum nervosismo e aos 55 minutos na marcação de um livre directo ainda longe da baliza de Miguel Santana, a bola após ser rematada por um jogador do Monte da Caparica chega á área do CRI com João Abrantes ao tentar efectuar o corte acaba por desviar a para sua própria baliza, uma tremenda infelicidade que dava o 4º golo para a equipa da casa.

A partir desta altura a equipa do CRI, ganha ascendente sobre o jogo e tenta reduzir a desvantagem.

Aos 65 minutos saiu Eric Esteves e entrou Diogo Frade.

Aos 67 minutos boa jogada de ataque do CRI, com Diogo Frade sobre o lado esquerdo a aparecer isolado a rematar e o guarda-redes a fazer uma grande defesa e a evitar o golo do CRI.

Com a equipa do CRI toda balanceada para o ataque aos 75 minutos numa jogada de contra ataque a equipa da casa vai chegar ao 5º golo.

Aos 80 minutos saiu André Viegas e entrou Diogo Gameiro.

Aos 85 minutos saiu Miguel Santana e entrou Gerson Daniel.

A equipa do CRI continuava á procura do golo e aos 89 minutos por duas vezes com duas excelentes intervenções o guarda-redes do Monte da Caparica evitou que isso acontecesse.

Resultado Final:  Monte da Caparica 5 – CRI 2

Com este resultado a equipa do CRI mantém o 2º lugar e continua a só depender de si para subir de divisão com 3 pontos de avanço sobre o 3º classificado Arrentela.

De realçar neste jogo o bom comportamento dos jogadores do CRI que conseguiram aguentar sem qualquer tipo de reclamação á vergonhosa arbitragem que prejudicou com as suas decisões a equipa do CRI.

Falta uma jornada para acabar o campeonato onde recebem o Vinhense, para disputar o derby de Alhos Vedros, um jogo sempre muito difícil e onde a classificação das equipas não é muito importante.

Estão uma jornada de conseguirem alcançar um feito histórico para esta nova etapa da vida do CRI, para isso nesta última semana mantenham-se unidos e concentrados no objectivo, acreditem.

Volto a apelar para quem é sócio, adepto, atleta, treinador, dirigente do CRI que apareça no próximo sábado no Municipal do Vale da Amoreira pelas 17 horas vamos apoiar a nossa equipa.

Texto: JF

Reacções:

0 COMENTÁRIOS: