segunda-feira, 26 de março de 2012

CRI 5–3 G.D.Alcochetense (Infantis)

Disputou-se no sábado a 6ª jornada do Torneio Complementar, onde o CRI recebeu o líder da classificação, e por isso adivinhava-se um jogo muito difícil e bem disputado.

O jogo começou praticamente com uma bola ao poste enviada por Ruben Gonçalves, o que animou a equipa do CRI, que começou a pressionar, e onde a figura de destaque era o guarda-redes da equipa adversaria que ia segurando o nulo.

Um pouco contra a corrente de jogo os 8 minutos, o adversário vai chegar ao golo através de uma boa jogada de envolvência.

A equipa do CRI não acusou o golo e um minuto depois vai chegar ao empate através de Guilherme Costa, que só ao segundo remate conseguiu introduzir a bola na baliza.

Este golo veio moralizar a equipa do CRI que continuava a criar perigo, mas o guarda-redes contrário ia fazendo boas defesas nomeadamente aos 21 minutos fez uma defesa fantástica a um remate de Miguel Manhita a culminar uma boa jogada de ataque.

Nos últimos 10 minutos da primeira parte o jogo foi mais disputado a meio campo sem grandes lances de golo a não ser no último minuto onde o guarda-redes adversário fez mais uma boa intervenção.

Na segunda parte o jogo tornou-se ainda mais emotivo e melhor jogado, com as duas equipas a querem ganhar.

Aos 3 minutos o CRI vai chegar ao segundo golo por intermédio de Guilherme Costa, a concluir de cabeça uma excelente combinação entre Ruben Gonçalves e Romário Fortes, com este ultimo a cruzar para a finalização.

O jogo estava num ritmo frenético e o adversário iria chegar ao empate aos 10 minutos, ao aproveitar uma deficiente reposição de bola em jogo.

O jogo continuou rápido e foi através de uma jogada rápida que o CRI iria chegar ao terceiro golo aos 14 minutos, quando o árbitro apontou para a marca de penalty a castigar uma falta sobre Guilherme Costa, Ruben Gonçalves executou na perfeição e fez golo.

Esta vantagem durou pouco tempo porque aos 15 minutos o adversário vai chegar ao empate através da marcação de um pontapé de canto, onde a nossa equipa ficou a ver a bola e o adversário cabeceou a vontade para o golo.

A seguir a este golo assistiu-se a um período de bola cá bola lá onde qualquer das equipas podia ter chegado ao golo, que viria a acontecer aos 23 minutos com Guilherme Costa a finalizar dentro da área uma assistência de Diogo Pina.

O adversário não desistiu e conseguiu encostar a equipa do CRI no seu meio campo e com algumas dificuldades em sair com a bola nos pés.

Tudo terminou quando Guilherme Costa fez o seu quarto golo (Poker), aos 29 minutos, com um grande remate de fora da área.

Em resumo assistiu-se a uma excelente partida de futebol, com as duas equipas a mostrarem bons momentos, acabando por ganhar a equipa de teve mais discernimento na parte final da partida.

O próximo jogo do CRI é fora com o Fernão Ferro.

A equipa do CRI alinhou com os seguintes jogadores:

Tiago Santos; Miguel Manhita; Luis Cascalheira; Rodrigo Guimarães; Nuno Cristo; Gonçalo Rodrigues; Ruben Gonçalves ( c); Paulo Reis; Diogo Pina; Guilherme Costa; Romário Fortes; Miguel Vieira.


Texto: AM

Reacções:

0 COMENTÁRIOS: