terça-feira, 15 de março de 2011

C.R.I. 3-4 Sesimbra (Infantis-B)

Disputou-se no sábado mais uma jornada do Campeonato de Infantis “B”, onde a equipa do CRI recebia o quarto classificado, prevendo-se um jogo muito disputado.
O jogo começou com o ascendente da equipa do Sesimbra, que dominava o jogo mas não conseguia criar situações de golo, e por sua vez a equipa do CRI não conseguiu praticamente chegar a área adversaria.
E assim decorreu a primeira parte onde o Sesimbra dominava e com o desenrolar do jogo foi criando alguns lances de golo, e foi a terminar a primeira parte aos 29 minutos que o adversário chega ao golo.
O resultado ao intervalo era justo porque a equipa do CRI estava com pouca dinâmica de ataque, limitando-se praticamente a defender, normalmente bem, mas foi pouco.

A segunda parte começou como tinha sido a primeira, com o ascendente do Sesimbra e a equipa de CRI a não conseguir sair para o ataque onde a transição era lenta e descoordenada.
Por isso não foi de estranhar que o adversário fizesse o segundo golo aos 17 minutos.
A partir daqui o jogo ganhou intensidade, ganhou emotividade e ganhou muitos golos.
Aos 21 minutos o CRI chega ao golo através de Guilherme Costa, com um pontapé fora da área que o guarda-redes não conseguiu segurar.
Com este golo a equipa galvanizou-se e aos 23 minutos chegou ao empate através de Diogo Pina com um remate cruzado.
O jogo ficou aberto e os lances de golo iam surgindo nas duas balizas, acabando o adversário por fazer o terceiro golo aos 25 minutos.
A equipa do CRI não se deu por vencida e chegaria novamente ao empate por intermédio de Ruben Gonçalves a concluir uma excelente jogada de ataque com boas trocas de bola.
Quando já nada o fazia prever no último lance da partida já para lá do minuto 30, o adversário vai chegar a vitória aproveitando uma desatenção colectiva da equipa do CRI.

Em resumo mais uma vez voltamos a perder nos minutos finais, mas a equipa mostrou uma grande atitude e carácter, porque estando sempre em desvantagem conseguiu sempre discutir o jogo até ao fim, onde o empate era o resultado mais justo.
Uma palavra ainda para o árbitro improvisado, por greve dos árbitros oficiais, que fez um trabalho muito bom ao nível das melhores arbitragens que temos presenciado.
O próximo o jogo é no Montijo com o Ginásio.

A equipa do CRI alinhou com os seguintes jogadores:
Pedro Horta; Nuno Cristo; Luis Cascalheira; Guilherme Costa; Miguel Manhita; Gonçalo Rodrigues; Ruben Gonçalves ( c); Catarina Sebastião; Diogo Pina; André Catela; Miguel Vieira; Jorge Serra.

Texto: Augusto Manhita

Reacções:

0 COMENTÁRIOS: