segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

G.D.R.Portugal 4–0 C.R.I. (Infantis - B)

Jogou-se neste sábado a terceira jornada do nosso campeonato. Desloca-mo-nos ao campo do terceiro classificado e com ambições ao primeiro lugar, e por isso antevia-se um jogo difícil.

Num campo de piso sintético mas quase impraticável, onde a bola não rolava e muitas vezes flutuava, disputámos um jogo muito aguerrido de parte a parte, onde a nossa equipa deu muito boa conta de si e conseguiu aguentar o maior poderio físico e técnico do adversário até perto do final da primeira parte, onde fomos obrigados a tirar quase em simultâneo três jogadores por dificuldades físicas e a equipa desconcentrou-se e sofremos dois golos aos 28 e 29 minutos da primeira parte, até ai tinha havia poucas ocasiões de golo tem sido a primeira para a nossa equipa.

A segunda parte começa praticamente com o nosso jogador a fintar o guarda-redes adversário, que defende com as mãos fora da área e o árbitro não assinalou a respectiva infracção.
O adversário reagiu e tomou conta do jogo e a passagem dos dez minutos fez o terceiro golo.
Aí a equipa teve que retirar outro jogador por lesão e nunca mais conseguiu incomodar o adversário, que foi dominando o jogo e criando algumas situações de golo, para voltar a marcar aos 29 da segunda parte.
Na reposição da bola tivemos novamente um jogador na cara do guarda-redes mas não conseguiu marcar.

Em resumo vitória da equipa que mais lances de golo criou porque futebol era impossível jogar, a nossa equipa está de parabéns pela forma como lutou, nunca se entregando até final.

O próximo jogo é em casa com o Almada.

A equipa do CRI alinhou com os seguintes jogadores: Pedro Horta; Nuno Cristo; Luis Cascalheira; Guilherme Costa; Miguel Manhita; Gonçalo Rodrigues; Ruben Gonçalves ( c ); Catarina Sebastião; Diogo Pina; André Catela; Miguel Vieira; Jorge Serra.

Texto:  Augusto Manhita

Reacções:

0 COMENTÁRIOS: