quarta-feira, 3 de março de 2010

Paio Pires 1-0 C.R.I. (Juvenis)

Manhã de Domingo cinzenta com ameaça de chuva com a equipa do C.R.I. a deslocar-se a Paio Pires contra uma equipa teoricamente acessível.
Com os regressos de alguns jogadores pensava-se que a equipa poderia repetir a exibição do passado domingo.
O Artista vestido de Azul, para este jogo calhou o Vítor Lourenço uma verdadeira armadilha da arbitragem.

A equipa do C.R.I. Alinhou com:

Tiago Ramos (gr.); Carlos Lança; Luís Barbosa; José Pedro (Cap.) e Hugo Borges;
Fábio Jorge; Davi Rodrigues; Luís Trevas e Ricardo Garcia;  Rafael Sardo e Juelmer Gomes.
Como Suplentes: Miguel Pires (iniciado); Sérgio Belfo; Diogo Faísca e Fábio Cartaxo

A equipa do C.R.I. não entrou bem no jogo não conseguindo colocar a bola no chão e sair a jogar, já a equipa da casa limitou-se a colocar a bola pelo ar na nossa zona defensiva.
Aos 32 minutos num desses balões para a nossa defensiva José Pedro, em vez de limpar a jogada tenta proteger a bola para o Tiago Ramos pontapear, deixando desta forma o avançado de Paio Pires intrometer-se na jogada e marcar o golo para a equipa da casa, sem ter criado qualquer perigo o Paio Pires chega desta forma á vantagem no marcador.
Aos 35 minutos após um excelente cruzamento de José Pedro, aparece Luís Barbosa sozinho na pequena área só com o guarda-redes pela frente atirando por cima da barra.
Ao intervalo:
Paio Pires 1- C.R.I. 0

Para a 2ª parte entrou Sérgio Belfo para lugar de Carlos Lança
Aos 5 minutos da 2ª Parte entrou Fábio Cartaxo e Saiu Fábio Jorge.
Aos 15 minutos da 2ª Parte entrou Diogo Faísca e saiu Ricardo Garcia.
Na 2ª parte a equipa de Alhos Vedros, conseguiu trocar mais a bola e foi a única equipa que criou oportunidades de golo que não conseguiu concretizar.
21 minutos da 2ª parte Livre cobrado, por Rafael Sardo, Luís Trevas remata de cabeça e aparece Sérgio Belfo  sozinho ao segundo poste com a baliza á sua mercê a rematar para fora, a partir daqui o C.R.I. foi criando oportunidades que não conseguiu concretizar, entre elas aos 40 minutos da 2ª parte José Pedro de cabeça atira ao poste a bola ressalta para a frente da baliza e meio de 4 jogadores do C.R.I. aparece um jogador da equipa da casa a tirar a bola da sua área.
A exibição do artista tirando os lançamentos e as faltas marcadas ao contrário, aos 15 minutos do 2ª parte mostra cartão amarelo ao Luís Barbosa por este tentar marcar uma falta com o jogador adversário á frente da bola, (nova regra do Futebol arranjada pelo artista), aos 30 minutos da 2ª parte José Pedro efectua um corte limpo á entrada da nossa grande área sofrendo uma entrada mais severa de um adversário e o artista marca livre directo contra o C.R.I..
Aos 35 minutos da 2ª parte um jogador do Paio Pires acerta com um pontapé na cara de José Pedro jogo perigoso e o artista nada marca, levando Davi Rodrigues a protestar de forma menos correcta e a ser expulso.
Aos 43 minutos da 2ª parte Juelmer Gomes, vai ser expulso por uma falta a meio campo, logo de seguida o artista mostra cartão amarelo a um jogador da casa por uma entrada de carrinho às pernas de Sérgio Belfo, critérios do Artista.

Resultado Final: Paio Pires 1- C.R.I. 0
Mau jogo da equipa do C.R.I. principalmente no 1ªparte, melhorando na 2ª parte mas falhando muitas oportunidades de golo, como no futebol quem não marca perde o Paio Pires acaba de ser um justo vencedor.
Mais uma vez os jogadores do C.R.I. mesmo sabendo que prejudicam a equipa no futuro e já conhecendo o artista do apito caíram no erro de serem expulsos.
O artista não tendo tido influência no resultado percebe-se que é alguém que premeditadamente vai com o objectivo de prejudicar a equipa de Alhos Vedros.

Texto: JF

Reacções:

0 COMENTÁRIOS: