segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Paio Pires FC 2-1 SC Vinhense (Iniciados)

Em jogo a contar para a 5ª jornada do campeonato Distrital de Iniciados da 2ª Divisão - Série B, o Paio Pires FC recebeu no Vale d´Abelha, no seu recente sintético, o Sporting Vinhense, tendo vencido por 2-1.

A equipa do SC Vinhense alinhou da seguinte forma:
Sandro (gr), Fausto, Rafael, Luis, João Oliveira, Randy, Tiago Caetano, Ruben, Keegan, Diogo Mestre e Ivan.
Suplentes: Pedro Garcia (gr), Claudio, Marco (n/utlizado), Dudu (n/utilizado), Wilson, Tiago Sousa e Serginho.

Jogo muito disputado a meio campo, onde o equilíbrio foi nota dominante, e onde a oportunidades de golo e as jogadas perigosas praticamente não existiram.
Foi na sequência de 2 pontapés de canto, um para cada equipa, que se chegou ao intervalo com o resultado em 1-1.
O 1-0 resultou de um lance infeliz do Diogo Mestre, que na tentativa de aliviar a bola acabou por fazer autogolo, já o tento do empate, ficou a dever-se a uma excelente cabeçada do central Luís dando seguimento ao canto muito bem batido da direita por Ivan.
Na segunda parte, e ao cair do pano, num lance em que a equipa do Vinhense não consegue tirar a bola da zona frontal da área, um remate bombeado acaba por trair o guardião Sandro, fazendo o 2-1 final.
Não querendo tirar o mérito à equipa do Paio Pires, mas o empate era concerteza o resultado mais justo para aquilo que as equipas demonstraram durante a partida

Destaques Individuais:
João Oliveira - mostrou que nem os Iniciados se medem aos palmos, muita garra muita luta deste pequeno lateral esquedo que não deu tréguas aos avançados da equipa contrária.
Luís - muito activo no centro da defesa, subiu sempre nas bolas paradas, onde fez o golo da equipa e esteve perto de concretizar uma segunda vez.
Sandro - Muito boa exibição do guardião do Vinhense, sempre seguro tanto a jogar com os pés como com as mãos, negou com valentia o golo à equipa da casa numa jogada em que faz muito bem a mancha numa saída a um jogador isolado do Paio Pires. Infeliz no lance do 2-1, não foi por ele que o Vinhense perdeu, bonita a atitude dos colegas que confortaram no final da partida, minimizando assim a sua tristeza.

De realçar também a presença nas bancadas, do Pedro Garvão e do Paulo Custódio, que mesmo não estando convocados não deixaram de estar presentes a apoiar os colegas que estiveram dentro de campo.

Texto: Miguel Lopes

Reacções:

0 COMENTÁRIOS: