segunda-feira, 23 de novembro de 2009

C.R.I. 1-1 Alfarim (Juvenis)

Manhã de Domingo cinzenta em que o CRI de Alhos Vedros, após a derrota da jornada anterior voltava a defrontar uma equipa melhor classificada e com ambições à subida de divisão.

A equipa de Alfarim na 1ª jogada do encontro criou algum perigo, mas a equipa do CRI tomou a iniciativa do jogo tendo jogado mais no meio campo adversário e tendo criado algum perigo através da marcação de cantos.
Aos 25 minutos Tiago Poupinha perto da grande área da equipa de Alhos Vedros,  derruba um adversário (cartão amarelo) e livre perigoso na zona frontal.
Na marcação do livre uma confusão com a barreira com o árbitro a mandar marcar e na altura em que o jogador de Alfarim marca, o árbitro apita o que origina que o guarda-redes da equipa de Alhos Vedros coloque só uma mão à bola, pois o árbitro tinha interrompido o lance, a bola entra e para espanto de todos o árbitro valida o golo para a equipa forasteira.
A equipa do CRI não se ressentiu com o golo sofrido e mesmo sem estar a jogar bem até ao intervalo manteve um maior ascendente sobre a equipa adversária sem no entanto criar qualquer oportunidade de golo.
Ao intervalo CRI 0 – GD Alfarim 1
Para a segunda parte entraram Davie Rodrigues; Paulo Gomes e Gabriel Rodrigues, para os lugares de Carlos Lança, Bruno Lança e Rafael Sardo.
A equipa de Alhos Vedros iniciou o segundo tempo pressionando a equipa forasteira, tendo criado duas excelentes oportunidades de igualar a partida.
No entanto a equipa de Alfarim não se remeteu a uma toada defensiva e tentava sempre que possível criar perigo para a defensiva do CRI através de rápidos contra ataques.
Aos 17 minutos da 2ª parte saiu Paulo Ramalhoso e entrou Juelmar Gomes.
 Aos 25 minutos da 2ª parte saiu Luís Barbosa e entrou Diogo Faísca, com esta alteração a equipa da casa passa a jogar só com 3 defesas na tentativa de chegar ao empate, com o risco total assumido cria uma excelente oportunidade por Fábio Cartaxo, mas nesta fase do jogo a equipa de Alfarim através de rápidos contra ataques leva por diversas vezes perigo á baliza à guarda de Tiago.
Aos 38 minutos após a marcação de um pontapé de canto a favor da equipa do CRI e após uma mão na bola do jogador de Afarim dentro da área, grande penalidade prontamente assinalada pela equipa de arbitragem, que é superiormente convertida por Tiago Poupinha estavam decorridos 39 minutos da 2ª parte e restabelecida a igualdade no marcador.
Até final em jogo jogado nada a acrescentar a não ser após o arbitro apitar para o final do jogo alguns jogadores da equipa de Alfarim a protestarem com a equipa de arbitragem e esta a mostrar por duas vezes o cartão vermelho.
Resultado Final:
CRI 1- GD ALFARIM 1.
O resultado verificado no final da partida acaba por ser justo dado que a equipa de Alfarim chegou á vantagem num golo algo discutível e numa altura que mesmo sem estar a jogar bem a equipa da casa era quem comandava o jogo, no final do jogo e como quem não marca sofre a equipa de Alhos Vedros chega ao empate através de um penalty, que nesta altura do jogo é sempre muito contestado pela equipa que o sofre.
Mais uma vez há a realçar o grande espírito de equipa e de entreajuda que existe na equipa do CRI que nunca desistiu e foi à procura do empate mesmo quando já poucos acreditavam que seria possível.
Este jogo veio demonstrar que esta equipa têm condições de discutir o jogo de igual para igual com qualquer das equipas que ocupam os primeiros lugares da tabela classificativa.



A equipa do CRI Alinhou com :
Tiago Ramos (gr.); Carlos Lança; Luís Barbosa; José Pedro (cap.)  e Hugo Borges;
Paulo Ramalhoso; Tiago Poupinha; Bruno Lança e Luís Trevas; Rafael Sardo e Fábio Cartaxo.
Como Suplentes: Ruben Zacarias; Davie Rodrigues; Diogo Faísca; Juelmar Gomes; Gabriel Rodrigues; Rui Caeiro e Paulo Gomes.


Texto: JF


Reacções:

0 COMENTÁRIOS: